Sedentarismo em Idosos

Importante salientarmos que sedentarismo não é a ausência de atividade física, e sim um comportamento de baixo gasto energético. Ou seja, não adianta irmos na academia 3x/semana, mas passarmos o restante do tempo na posição sentada, seja no trânsito, em frente a televisão ou computador. É importante cultivar um comportamento ativo.

De forma geral consideramos sedentário aquele que realiza menos de 5000 passos por dia, sendo que a recomendação é que tenhamos a meta de 10000 passos/dia idealmente.

95 % dos idosos não alcançam esta recomendação. Estudos mostram que a população com mais de 65 anos passa em média cerca de 9 horas por dia sentada. Outro dado importante é que mais de 50% das pessoas idosas que iniciam uma atividade física abandonam dentro de 6 meses.

E porque, mesmo sabendo da importância da prática de atividade física, muitos idosos não conseguem dar início à uma atividade regular ou não conseguem manter em sua rotina? 

As barreiras mais comuns à prática de atividade física para o idoso, são:

  • Dores
  • Alterações osteoarticulares e problema nos pés
  • Alterações clínicas
  • Dificuldade no equilíbrio
  • Alterações cognitivas
  • Antecedentes de lesões ao praticar atividade física
  • Nunca ter vivenciado modalidades de atividade física ou esportiva ao longo da vida
  • Falta de suporte social
  • Falta de entendimento sobre importância

Algumas dicas:

– faça a escolha certa: escolha gastar energia!!! Se pode subir de escadas, porque subir de elevador?

– se você tem medo de iniciar uma atividade física por questões clínicas, se sente dor ao fazer exercícios ou se tem histórico de lesões ao praticar atividade: não desista, procure seu médico!

 

Dra. Milene Silva Ferreira

Fisiatra e Geriatra Clínica Move

Abrir Chat
Precisa de Ajuda?