Crianças  com  Artrite  devem  fazer  Exercícios  Físicos

As crianças com artrite idiopática juvenil, lúpus eritematoso sistêmico juvenil, dermatomiosite juvenil, fibromialgia juvenil e outras dores difusas crônicas, muitas vezes são retiradas das aulas de Educação Física e são desencorajadas a fazerem exercícios físicos e esportes.

Os Pais e Professores tomam essa atitude, por acharem que a doença possa piorar ou por medo que as crianças se machuquem. Essa atitude acaba levando a um círculo vicioso onde a criança fica mais inativa, aumentam os riscos de obesidade, aumentam o nível de colesterol, a intolerância a glicose e principalmente isolamento social e depressão.

A prática de exercícios físicos e esportes são medidas terapêuticas de suma relevância, consideradas tratamento de primeira escolha e que devem ser prescritas assim que os pacientes saírem da fase aguda da doença.

Dessa forma, as prescrições de exercícios físicos para esses pacientes têm revelado um grande potencial terapêutico promovendo melhora das capacidades aeróbias e respiratórias, maior força muscular, massa óssea e equilíbrio, diminuição da porcentagem de gordura corporal, melhora do cansaço, qualidade de vida, sono e autoestima.

Dra. Ana Lucia de Sá Pinto
Pediatra e Médica do Exercício e Esporte
Clínica Move

Style switcher RESET
Color scheme