Meu FAN é positivo, preciso me preocupar?

O FAN é a sigla para um exame chamado fator antinúcleo. Ele foi descoberto na década de 1940 em pacientes portadores de Lúpus Eritematoso Sistêmico. É um exame solicitado para pacientes com suspeita de alguma doença autoimune.

Em situações normais, os anticorpos têm como principal objetivo combater invasões de microrganismos ao nosso corpo. Porém, em pacientes com doença autoimune, há uma produção inadequada de auto-anticorpos que reconhecem e combatem as próprias células como  se fossem agentes agressores. O FAN pode ser positivo quando um grupo desses auto-anticorpos estão presentes. Alguns doenças com FAN positivo:

  • Lúpus Eritematoso Sistêmico,
  • Síndrome de Sjogren
  • Esclerose Sistêmica
  • Dermatomiosite
  • Hepatite autoimune

É importante destacar que até 15% da população saudável pode ter o FAN positivo. Fatores como o nível e tipo de FAN (dados que sempre acompanham o exame positivo) e, principalmente, o quadro clínico do paciente são os fatores que determinam se o médico deve ou não continuar a investigação.

Titulações mais baixas e alguns tipos de FAN podem estar presentes na população saudável. Sendo assim, o FAN positivo deve ser interpretado em  uma consulta médica com o especialista para determinar se devemos ou não nos preocupar com ele. Caso você tenha um FAN positivo procure o Reumatologista, para que ele possa te orientar.

Dr. Luiz Adsuara

Clínico Geral e Reumatologista da Clínica Move

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Color scheme