Rabdomiólise pelo Exercício Físico

A rabdomiólise é a morte aguda das fibras musculares e pode ser causada pelo exercício físico. Ocorre quando há contração muscular excessiva, gerando uma isquemia (falta oxigenação às células musculares) em alguns exercícios principalmente nos de alta intensidade, nos de maior duração e nos do tipo excêntricos. 

Em geral, as toxinas liberadas pela agressão ao músculo não conseguem ser filtradas pelo rim, levando a alteração da função renal e até a insuficiência renal.

Outras causas de rabdomiólise :

  • Medicações como estatinas, anabolizantes, estimulantes (efedrina, dimetilamina, cafeína)
  • Doença faliciforme, miopatias e doenças metabólicas
  • Infecções
  • Drogas como álcool, cocaína, êxtase
  • Picada por cobra
  • Traumas

O que se sente?

  • Dor muscular, fraqueza, urina escurecida
  • Outros sinais: febre, mal estar, náuseas, confusão, agitação, diminuição do volume urinário.

Como é feito o diagnóstico?

Além das queixas e dos sinais do paciente, alguns exames de sangue e de urina podem alterar-se. A enzima muscular CPK (creatinofosfoquinase) pode apresentar valores de até 5 a 10 vezes maior o valor de referência. Outros exames de sangue podem estar alterados como ácido úrico, potássio, creatinina, uréia, transaminases (TGO e TGP) e  desidrogenase lática. No exame de urina, a mioglobina pode estar aumentada.

Como é o tratamento?

Repouso, bom sono, a hidratação deverá ser feita por via endovenosa,  em alguns casos mais graves o paciente pode evoluir para insuficiência renal, e nesse caso é necessário fazer hemodiálise.

Quando há o retorno ao esporte?

O paciente deve estar sem sintomas e com exames laboratoriais normais. A partir daí iniciará com exercícios leves e progressão supervisionada pelo professor de Educação Física.

Como prevenir a rabomiólise?

  • A programação de treinos de ver ser feita por profissional qualificado para promover aumento gradual e contínuo dos exercícios
  • Hidratação e recuperação adequadas
  • Não fazer uso de medicações sem prescrição médica
  • Cuidado com os estimulantes
  • Não fazer uso de drogas e anabolizantes

 

Dra. Natália Mendes Guardieiro
Médica do Esporte e Nutróloga
Clínica Move

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Color scheme