Transtorno Alimentar no Meio Esportivo

O distúrbio alimentar é um componente da tríade da mulher atleta. Esse distúrbio pode ser uma simples restrição energética, até a utilização de laxativos e técnicas de purgação, como vômitos constantes, tornando-se transtornos mais graves. Transtornos alimentares afetam grande parte das atletas e geralmente são o gatilho para a tríade.

Muitas atletas e até treinadores pensam erroneamente que a diminuição do peso corporal e percentual de gordura aumentarão sua performance. Mas sabemos que uma diminuição drástica na ingestão calórica e de nutrientes pode levar à deficiência de micronutrientes e outros efeitos adversos, como a queda na performance. Pensando nisso, pesquisadores da UFRJ analisaram 77 nadadoras cariocas de 11 a 19 anos, durante 2 anos, em relação aos distúrbios alimentares, padrões dietéticos, bioquímicos e composição corporal.

Resumimos aqui o que nos chamou a atenção:
– Assustadores 44% das atletas apresentaram distúrbio alimentar;
– Métodos mais utilizados para perda de peso: fazer jejum durante um dia inteiro, purgação, uso de laxativos e diuréticos;
– Atletas com distúrbio alimentar apresentaram maiores percentuais de gordura quando comparadas às que não apresentaram o distúrbio;
– A maioria das atletas apresentaram consumo de carboidrato abaixo da recomendação;
– TODAS as atletas apresentaram consumos inadequados de cálcio, zinco e folato;
– Não houve diferenças nos exames bioquímicos.
Ou seja, ser atleta já exige um maior consumo de calorias e nutrientes para que se alcance o ápice da performance. Não é com métodos radicais para perda de peso e percentual de gordura que essa atleta conseguirá algum benefício, mas sim seguir e confiar nas recomendações nutricionais e sempre, sempre, sempre ter profissionais capacitados ao seu lado!
Colegas nutris e treinadores, experiência e prática são muito importantes, mas a base sempre veio e sempre virá da ciência, vamos continuar estudando e aprendendo juntos pra entregar o melhor para nossos atletas!
Referência: Costa, N. F. et al. Disordered eating among adolescent female swimmers: Dietary, biochemical, and body composition factors. Nutrition, v.29, p172-177, 2013.

Rafael Klosterhoff
Nutricionista da Clínica Move

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Style switcher RESET
Color scheme